Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

O que tenho vivido? A Vida.

Hoje decidi escrever um pouco sobre o meu interior, sobre o que estou sentindo nesses últimos momentos. Sobre minha caminhada cristã ao lado do Senhor. Sobre o que tenho vivido espiritualmente.
O que tenho vivido...?
A dependência de Deus. A cada dia que passa tenho visto nitidamente que não sou nada sem Deus. Ele é TUDO sem mim, mas eu sem Ele nada sou. 
O que tenho vivido...?
A espera. Tenho provado do amargo sabor que é esperar. Esperar meus amados, não é fácil.  Nós, seres humanos, sabemos o quão difícil é lidar com a ansiedade. E sim, tenho lutado com ela  diariamente. 
O que tenho vivido...?
A fé. Tenho tido experiências com a fé. Será que tenho fé o suficiente? O que é ter fé? Será que minha fé é grande para Deus? Será que tenho um pouco de fé? Ou, melhor, ao menos tenho fé? Tenho visto que fé é para ser discutida em nosso interior e em nosso íntimo com Deus. 
O que tenho vivido...?
O avivamento. É o que mais almejo e peço a Deus todos os dias. Sim, sem dúvidas, ultimamente e quase sempre, …

Dias assim

Dias me vejo vivendo a mesma coisa, ás vezes as mesmas dificuldades de meses, e até anos. Onde vou chegar? Como será que vou concluir? - são meus pensamentos. Enquanto estou vivendo o "aqui" e o "agora", não sei do meu porvir.  Somente Deus sabe. Em dias e jornadas assim, eu preciso falar com Deus.  Senti em meu coração, em meio a dúvida e desânimo, dizer para Ele :"É possível eu me perder de Ti, mas você não me perde".  Deus não nos perde de vista, nós que nos perdemos dele, eu peço a Ele para que permaneça me olhando, e que eu permaneça olhando para Ele, o Autor e consumador da minha fé. Como diz o escritor de Hebreus, nas palavras que sempre cito e gosto... "Há uma carreira proposta" para mim e para você. Existe uma caminhada para o cristão que segue os passos de Cristo o Autor da fé, para que um dia possamos encontrá-Lo, vê-Lo face a face. Talvez , ou melhor, talvez não, essa é sem dúvidas a maior esperança do nosso porvir. Vejo que tenho qu…

Um encontro com o Oleiro

Para meditação: "Se o barro não se entregar totalmente, o oleiro nada pode fazer" ( A W Tozer).

      Gosto muito da passagem que está em Jeremias 18, que fala sobre o Oleiro que é simbolicamente descrito como Deus. E o barro, que somos nós:
"E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas, Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer. Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o Senhor. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel." (Jeremias 18:3-6).
Penso que, como o barro pronto para se tornar vaso, assim somos nós nas mãos de Deus, o oleiro. O barro não permanece nas mãos do oleiro por acaso, ele não é amassado e moldado em vão, a finalidade do oleiro é transformar o barro em um belo vaso, mas... antes de belo, o v…

Quando Deus Suspirou

de Max Lucado.

Há dois dias li uma palavra na Bíblia que ficou gravada em meu coração. Para ser sincero, não sabia o que fazer com ela. É uma só palavra e não muito grande. Quando a descobri (o que, para falar a verdade, foi exatamente o que aconteceu; eu estava percorrendo a página e esta palavra veio do nada e me balançou como um desses redutores de velocidade), não sabia o que fazer com ela. Não tinha um gancho para pendurá-la nem uma categoria sob a qual classificá-la.
Tratava-se de uma palavra enigmática numa passagem enigmática. Mas agora, 48 horas depois, encontrei um lugar para ela; um lugar especial. Puxa, que palavra! Não leia a não ser que não se importe de mudar de idéia, por-que esta pequena palavra pode fazer com que a sua mobília espiritual mude bastante de lugar.
Veja a passagem comigo.

"De novo se retirou das terras de Tiro, e foi por Sidom até ao mar da Galiléia, através do território de Decápolis. Então lhe trouxeram um surdo e gago, e lhe suplicaram que impuses…

Para Cristo não existe "Talvez"

Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres. Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água. Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse. E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo. E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim. Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda. Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado. (João 5:2-9).
Você com certeza conhece bem esse momento. Não é novidade que Cristo tem poder para curar e salvar, todavia, nessa história Crist…