Livres, uma breve experiência

  Precisamos da cura e nem mesmo nós percebemos.  Sentimos que algo está errado e que falta algo mas ás vezes não admitimos que precisamos ainda ser libertos e curados. Eu cheguei a conclusão uns dias atrás que ainda preciso ser curada e liberta de sentimentos na minha vida, mesmo após anos de conversão e servindo ao Senhor nós crentes também precisamos ser salvos novamente, comecei clamando a Deus para me salvar de mim mesma - que são os meus pensamentos que me prendem, sentimentos que tentam me colocar numa cela com cadeias, que tentam me prender a qualquer custo me impedindo de ser livre para servir ao Senhor. Sintomas que antecedem a depressão e a tristeza me rodeavam, mas eu desisti de fingir que por ser "crente" poderia está tudo bem, eu clamei a Deus e entreguei a Ele minha necessidade de ser liberta e salva de todo esse mal, pois estava me atrapalhando na comunhão com Ele. O mal faz isso em nós, nos tranca num quarto nos esvaziando de tudo, nos tornando secos e sem nada para entregar a Deus, sem nada para O oferecer. Com isso, começamos a ir a Igreja apenas por ir, como hábito religioso, nos concentramos mais na obra e nas tarefas do que no próprio dono da obra, Jesus. Achamos que já é o suficiente irmos a Igreja e cumprimos nossas tarefas como compromisso, achamos que as obras de nossas mãos já são o suficiente. Vamos desfalecendo na alma e em nosso interior, e ninguém sabe mais do que Deus como nós realmente estamos por dentro: vazios, desanimados e presos. 
A liberdade é tão preciosa aos olhos de Deus para nós, ser livre em Deus nos permite sermos usados por Ele, nossas obras ficam melhores e agradáveis a Deus. Toda a diferença espiritual está na libertação. Não é porque você é crente há anos, ou estuda a Palavra há anos que já virou um Expert em Deus, afinal, a Palavra diz que precisamos prosseguir em conhecer a Deus mais e mais, não conhecemos nem 50% dEle e do mundo espiritual. Acontece então que, como dizem por aí, "quebramos a cara" pensando que conhecemos Deus o suficiente, as batalhas e a fraqueza vem sobre nós, e então nos vemos como Gideão, "Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém agora o Senhor nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas." (Juízes 6:13), por que? por que? e mais porquês. Por que aconteceu isso? Por que parece que isso só acontece comigo? Várias vezes tenho esse questionamento. É porque estamos presos ainda, por incrível que pareça, ainda precisamos ser libertos de algo e salvos novamente. Por isso nos púlpitos de algumas Igrejas ainda se vê a necessidade de acertos de alianças de alguns irmãos que estavam mais fervorosos e já não estão mais. Eram mais fiéis e já não são mais. Eram mais tementes e já não são. Eram servos melhores e mais obedientes, mas tudo isso foi se perdendo na jornada. Isso ocorre com todos nós, em meio a corrida cristã vamos deixando cair algumas coisas importantes pelo caminho, mas e então? como chegaremos no alvo final sem nada nas mãos? Como chegaremos diante do trono de Deus com nossas mãos vazias, pernas bambas e fraqueza? Correremos em vão se assim for. O Senhor não quer isso. Ele tem muito mais do que isso para nós. A vida não é "só isso" como muitos dizem. A vida cristã não é só sofrer. Os dias não precisam ser os mesmos. O segredo está em sermos livres para adorar e servir a Deus como realmente Ele merece. É buscarmos ser servos melhores, buscar a renovação e o avivamento. Não podemos nos conformar se estamos correndo de qualquer maneira a nossa jornada cristã, devemos buscar mudanças espirituais, amadurecimento e prosseguir em conhecer a Deus. 
     Diante de tudo que estava passando, como disse no início, eu ajoelhei e perguntei para Deus com um coração sincero: O que o Senhor pensa de mim? O que o Senhor quer de mim nessa parte da minha vida? O que eu perdi que preciso recuperar? 
Ele tem todo o poder para restituir. 

"Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor."
Efésios 5:17

Comentários

Postagens mais visitadas